segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Quem é a Maria dos doces dias?

Para a nação brasileira, ela é Maria Antônia Miranda Cardoso, nascida em 02 de julho de 2012, às 15:58h de uma fria tarde de inverno, filha de Mônica e Murilo.
Primogênita, primeia neta, primeiro amor.
Para a vó Tania é a "Minha Maria", para o vô Reinaldo é "vô boca nervosa", para o tio Orlando é a "nini", para a tia Fá é "amor", para a tia Li é a "menina véa" (aiai, tia Li. rs). Para Janjão ela é "Potônia" e para Eloísa " MaliaAntônia". É a "Princesa" da tia Bruna e a "Linda" do tio Rodrigo.
Para o papai é Mazinha, a neguinha, o bebê maravilhoso, a gorda, o bujãozinho.
Para mim é oxigênio, vida, tesouro,riqueza. Luz dos meus olhos, razão de meu viver, minha inspiração.
Ela é a dona do par de diamantes negros mais vivos e lindos que já vi. Eles são rasgados e irresistíveis. De pele morena dourada e macia, suas madeixas aveludadas possuem o tom e a cor do encanto.
Ela tem o poder de transformar meus dias cinzas em um arco-íris de cores vibrantes.
O sol ganha mais brilho quando ela sorri e a noite é mais estrelada com sua presença.
É música suave, corpo bailante, frescor da manhã, doçura, pimenta.
É meu coração batendo em outro ser, é minha carne, meu sangue, o melhor de mim.
É a prova da existência de Deus e o mais lindo presente que Ele poderia me dar.
É bênção, graça.
Ela tem um chorinho dengoso que não permite uma madrugada monótona.
Tem um cheirinho cheiroso de amor, uma gargalhada deliciosamente contagiante, vozinha rouca e gritinhos estridentes.
Com ela me sinto em paz, me sinto plena, sou feliz.

Maria Antônia, Maria, Antônia, Mamazinha, Mamá, Mazinha.

Filha, você é fonte de amor, ar que eu respiro.

Obrigada por me devolver a vida.

Te amo.

Até o infinito!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Nosso Natal 2013!

Ai Natal... que delícia de tempo! Família reunida, troca de presentes, de abraços, de beijos, de carinhos. Peru, farofinha de cream cracker, arroz, salpicão, rocambole de bacalhau...hmmm, a vovó Tania da Antônia caprichou na ceia!
E não só na ceia! A casa e o coração estavam prontinhos para receber a família. Árvore montada, pisca-pisca brilhando, sinos pendurados e, dando as boas-vindas, um "Feliz Natal" na entrada.
À meia-noite, Tio Orlando fez uma bela oração antes de "atacarmos" os quitutes de minha mãezoca. Ceiamos ao som de Roberto Carlos (mas Mônica, o especial foi na noite do dia 25! Tá, gente, mas foi no canal de música da tv a cabo) e, logo após, iniciamos o tradicional amigo oculto. Aline (tia de Antônia) tirou Antônia, que tirou o pai, que tirou euzinha, que tirei meu pai, que tirou tio Orlando, que tirou tia Fátima, que tirou minha mãe, que tirou Aline.
Os presentes foram os mais inusitados! Maridinho, por exemplo, estava com preguiça cansado e pediu para que eu comprasse o presente do amigo oculto dele. Sem me falar quem era, disse pra comprar algo unissex. Eu, pra avacalhar, comprei um conjuntinho de potes de plástico que tava na promoção. Queria só ver a cara dele quando a pessoa recebesse o presente. Mas a cara foi a mais lavada do mundo. Morrendo de rir, ele anunciou que a amiga secreta dele era eu. Ou seja, o feitiço virou contra a feiticeira! Mas ele se redimiu com um Lolita Lempicka!
Antônia foi a campeã em ganhar presentes. Ganhou de todos. Ganhou em dobro. Ganhou em triplo! Papai Noel deu uma piscina de bolinha. Vovô e vovó deram um balanço daqueles de pendurar. Ela amou, claro! Tia Fá deu uma sandalinha, um tênis e uma boneca. Tio Orlando deu um chapeuzinho e três vestidos! A essa altura, alguns dias antes, ela já tinha ganhando um Loro José do grande (pra fazer companhia ao pequeno que ela já tinha) do vovô Pedro e da vovó Creusa e um vestidinho azul marinho muito fofo do primo Guilherme. E a titia Bruna mandou uma sandália vermelhinha linda pra alimentar a paixão da pequena por sapatos.
E o mais importante disso tudo, é o amor impresso em cada um desses objetos. Não é o material em si, mas o carinho que ele vem representar.
E carinho é o que não falta nessa família que é pequenininha, mas unida e feliz!

Obrigada, meu Deus, por renascer em nossos corações todos os dias!

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Uma avó apaixonada

Dia desses, enquanto eu tentava colocar a Maria pra tirar o soninho miojo dela, estava assistindo ao programa de Fátima Bernardes cujo tema fofo me deixou emocionada.
A discussão era sobre a importância da vovó na nossa vida.
Foram muitos depoimentos lindos que me fizeram correr pro computador, com lágrimas nos olhos, contar um pouquinho da nossa experiência.
Eu tive pouco contato com meus avós. Meu vovô Antônio (materno) só me curtiu por 10 meses, porque Papai do Céu o chamou. Mas eu sei que ele era apaixonado por mim e por minha irmanzinha que estava na barriga. Aproveitei a presença de minha vó Isaura (materna) por menos de 10 anos. A amava muito. Ela me ensinou a rezar o terço e eu a via todos os finais de semana (eu morava em outra cidade e ia toda sexta-feira para a casa dela). Ela não enxergava e teve uma fratura na perna que a deixou bastante debilitada.
Meus avós paternos também já se foram. Vovô Filomeno apesar de meio bravo, era brincalhão e, sempre que podia, vinha nos visitar. Vovó Elpídia era calada e doce e sempre colhia fruta-do-conde para nós.
A verdade é que eu gostaria de ter tido os meus avós mais e por mais tempo.
Graças a Deus, eu e maridinho temos os nossos pais conosco. Fortes, saudáveis e dispostos.
Logo, Antônia é a sortuda que poderá usufruir de todos os avós por muitos, muitos e muuuuuitos anos (amém!). Crescerá com as melhores lembranças que a infância pode oferecer. Terá sua vida recheada das doçuras de vovô e vovó.
E, se depender da vovó Tania, os dias de Maria serão doces feito mel. Vovó Tania, vocês já sabem, é a minha mãe que, antes da chegada de Antônia, dizia ser impossível amar alguém tanto quanto se ama um filho. Mas a nova integrante da família a fez conhecer o amor de vó. Um amor intenso, gostoso e tão grande quanto o que ela sente por mim e por minha irmã.
E eu sabia que iria ser assim.
Minha irmanzinha super especial exige bastante tempo de minha mãe e, mesmo assim, ela cria a 25ª hora pra poder curtir sua paixão pela neta.
Ficar 1 dia inteiro sem ver Antônia?!?!? Jamais! Se estiver sem carro, ela chama um táxi, pega um busão, ou coloca um tênis no pé e vem dar um cheirinho e brincar com a " caçulinha" dela. Não inventa desculpas, nem faz corpo mole, pois o desejo de estar perto de quem ama é imensamente maior que os obstáculos.
Não vou negar que eu gostaria de tê-la mais tempo conosco, me ajudando com Maricotinha que ainda não curte dormir e pede colo o dia todo (a mamãe aqui está um caco), mas sei que ela já faz além de suas possibilidades, apesar de muito aquém de seu amor.
E, saibam: a recíproca é super verdadeira! Maria Antônia é louquinha por essa vovó dela. Minha mãe é sempre recebida com lindos sorrisos e Maria solicita sua atenção e braços a todo instante. É lindo de ver!
Como é bom ver minha origem e meu rebento brincando juntas e trocando os mais singelos olhares de amor.
Não é à tôa que, além de avó, é a madrinha, a dinda linda de Maria.

Mãe, obrigada por reservar tanto espaço em seu coração e em sua vida para a minha filha. Obrigada por doar sua melhor parte para alguém que é meu tesouro.

Te amo, mãe.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

O batizado

Tanto tempo sem passar por aqui... tava ali acumulando histórias para contar, para registrar.
Um grande acontecimento dos últimos 45 dias foi o batizado de Maria Antônia. Um momento lindo, único, emocionante e planejado em detalhes.

A cerimônia foi realizada dia 13 de outubro de 2013, na Igreja Nossa Senhora das Candeias e presidida pelo Padre Estévão.
Os padrinhos são os avós maternos da Maricota: Tania e Reinaldo. Ela não poderia estar em mãos melhores! Esses avós são babões demais, amam e cuidam da pequena como se deles fossem e, na verdade, é!
Estavam presentes os avós Pedro e Creusa da Antônia, a tia Bruna, o tio Rodrigo, a tia Fá, a tia Zélia, a tia Arlete, Day, Rafa, Miguelzinho, Paty, Léo, Luquinhas, Cintia, Rodrigo, Janjão, Ivanete, Paulo, Larissa e Amanda.
Antônia usava um vestidinho branco rendado, rodado e cheio de babado, dado pela vovó Tania; nos pés, um sapatinho branco, recebido do vovô Reinaldo; meia-calça branca e, ornando as madeixas, presilhas brancas.
Havia mais duas crianças esperando para receber o primeiro sacramento.
Era uma manhã de sol, a Missa terminara, Flávia e sua bela voz estavam a postos. A cerimônia se inicia, o sacerdote fala, a vela se acende, a bênção vem em forma de água. O Espírito Santo vem habitar em minha filha. Tudo isso fez meu coração de mãe e cristã se encher de alegria e se derramar em lágrimas.
Antônia também chorou durante todo o tempo. Só parou quando chegamos na casa da vovó Creusa e retiramos toda a roupa, meinha, sapatos e calcinha. Acho que aquele excesso de pano tava incomodando a bichinha.
A vovó e agora também dinda Tania, havia preparado um almoço bem gostoso para celebrarmos o momento. Fomos, então, para o salão de eventos do condomínio da vovó Tania, que estava singela e carinhosamente decorado por mim =).

Em cada mesa tinha um pequeno arranjo:

Rosas brancas e rosa bebê, mergulhadas num bowl cheio de pérolas.



Um porta-retrato na entrada marcava a presença de uma recém batizada, parafraseando Pe. Fábio de Melo:

"Sou consagrada ao meu Senhor
Solo sagrado eu sei que sou
Vida que o céu sacramentou
Marcas do Eterno estão em mim."


Mesa das lembrancinhas
 As lembrancinhas foram água mineral personalizada e alfajor com tercinho:
Alfajor com tercinho


 A vovó Tania também preparou guloseimas para adocicar nossa tarde.

Compotas de doce de leite, doce de banana,
doce de goiaba, sequilhos e doce de côco.






 Não poderia faltar o bolo de batizado,né? Aqui está ele:


Foi um dia lindo e abençoado!
Inesquecível.

Obrigada, meu Deus, por mais esta bênção derramada em nossas vidas!!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

1 ano e 3 meses

Andanças, passeios, brincadeiras no parquinho, cambalhotas, escovação dos dentes, suco no canudinho, quedas, lero-lero, papos ao celular, vício na Galinha Pintadinha, mudança de pediatra, festas, preferência por comida de restaurante, fissura anal, distância de gripes, resfriados e afins.

No mês que passou Antônia evoluiu lindamente. Cresceu em tamanho, graça e sabedoria.
Tá conversadeira (é Tupi- Guarani mas tá valendo!) que só!
Corre pra tudo quanto é lado, dança quando ouve um hit bacana, joga beijinhos estalados e nos encanta com seu sorriso maroto.

Parabéns por mais 1 mês de vida, minha vida.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Maridinho...

Há 2 anos, aquela que já existia no coração de Deus materializou-se.
Fui a escolhida para ser mãe de Maria Antônia. 
Nunca duvidei do amor de Deus por mim, mas ter me dado Antônia foi uma prova maravilhosa desse amor.
Obrigada, Pai, por esse presente!
Hoje quero agradecer, também, pela presença de uma pessoa que me ama e a quem eu muito amo: maridinho!
Faz 2 anos que nossas vidas foram surpreendidas pelo mais sublime amor. E as mudanças foram muitas. Modificamos a casa, os planos, os sonhos, as prioridades. Mudamos como pessoas e a vida tomou um novo rumo.
Gravidez envolve loucura hormonal, transformações no corpo e no coração. 
Enfrentamos juntos!
Dia do parto, então, eu estava uma pilha. super nervosa e com muito medo.
Enfrentamos juntos!
Centro cirúrgico, frio e medo. Quem segurava minha mão?
Sim, enfrentamos juntos!
Foi ele quem levou nossa princesa para mim no quarto; quem me ajudou a dar o primeiro banho e todos os outros; quem estava ao meu lado na dor da amamentação (primeira semana de amamentação foi muito sofrida!); quem fazia meu café da manhã e colocava minha cinta nas primeiras semanas; quem inventava canções para acalentar choro e passar soluço. A única pessoa que sabe de todas as minhas dificuldades porque soube assumir o papel de pai e de companheiro.
Nunca tínhamos cuidado de uma criança. Foi tudo novo. Um mundo desconhecido se abriu na nossa frente e, juntos, o deciframos. Não estávamos sós, pois tínhamos um ao outro!
Não foram poucos os sustos, os momentos angustiantes. Das noites em claro eu nem falo! Essa é uma ferida aberta, que, por vezes, me entristece. Mas estávamos (e estamos) juntos em todas elas, dando força para manter o outro em pé.
Amor, somente Deus sabe  da nossa luta diária e como é bom ter você comigo!
Como é bom ter com quem dividir os medos, o sofrimento e os sonhos.
Deus nos escolheu para pais de Maria, nosso tesouro. E te escolheu para mim.

Te amo.

domingo, 29 de setembro de 2013

Final de Semana

Tivemos um final de semana bem legal!
Ontem fomos à formatura de um amigo nosso, o Bruno. E, é claro que Maria Antônia foi também!
Confesso que acho super chato expor minha pequetita à noite, ao barulho e à muvuca assim. Mas faz um tempão que a família não sai pra distrair um pouquinho. E como não tinha ninguém pra quebrar esse galho (minha mãe, que não é boba, também foi pra festa)... levamos a mocinha!
Mas ela se divertiu. A colação de grau ficou até mais animada com a presença elétrica dela, que não parou um instante sequer. Os amigos também aproveitaram para "tirar uma casquinha" da sapeca.
Seguimos pro baile e lá pelas 2 da manhã, depois de muita brincadeira e agoniazinhas, Antônia adormeceu. Daí, viemos pra casa, pois seria muita judiação submetê-la a um sono intranquilo.

Hoje, passamos o dia entre amigos também. Fomos almoçar na casa de Vane e Alessandra (Vane é nome de homem,tá?). Lá também estavam Day, Rafa, Miguel, Alex, Zé, Neuzinha, minha mãe, meu pai e minha mana.
Saboreamos uma comidinha gostosa, batemos um bom papo, curtimos os bebês e voltamos pra casa felizes.
Agora à noite fomos ao supermercado no shopping. Enquanto eu e maridinho fazíamos umas comprinhas, meu pai e minha mãe brincavam com Maria Antônia na escada rolante (ela amaaaaa).

Essa semana, entre outros afazeres, darei continuidade aos preparativos para o batizado.

beijocas.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Notícias do dia.

As cambalhotas de Antônia estão cada vez mais aperfeiçoadas e nós cada vez mais apavorados! O que fazer? Como proibir? A menina é sapeca demais, minha gente!
Ontem à noite ela estava parecendo uma artista circense. Conseguimos até registrar um lance bacana (porém perigoso). Maridinho estava filmando no momento. Pena que o vídeo ficou um pouco escuro.

Ah, Guilherme, o priminho de Maria Antônia, saiu do forninho ontem às 16:02h. Saudável e fofíssimo! Mamãe e bebê passam bem, graças a Deus!
Parabéns, Cau e Digo!

beijocas.

domingo, 22 de setembro de 2013

"Para cima e para baixo minha escova vou levar"

Ontem maridinho chegou logo após eu ter publicado o post. Com nenê dormindo! Graças a Deus!
Mas a noite foi de revezamentos, pois baby acordou três vezes na madrugada.
Bora ver como vai ser esta noite. Por enquanto, a pequena está toda agitada, querendo brincar.

Mas tem um assuntinho que, há tempos, quero comentar e esqueço: a escovação dos dentinhos. É tudo de lindo!! Quando ela me vê com a escovinha e o creme dental (que é próprio para a idade) na mão, fica toda animadinha. Quando eu encosto a escova, ela abre lindamente a boquinha, mostra as perolazinhas brancas e fica quietinha enquanto eu escovo. Dureza é tirar a escova da boca da moça. Ela não deixa!!kkk.

Enfim, a hora do "xeque-xeque-xeque" aqui em casa é uma delícia!

Ah, quanto ao título do post, trata-se do trechinho de uma música da minha infância. Alguém conhece?

"Para cima e para baixo
Minha escova vou levar
E assim o meu dentinho
Bem limpinho
Vai ficar

Xeque, xeque, xeque, xeque
Xeque, xeque, xeque, xeque
Xeque, xeque, xeque, xeque
Xeque, xeque, xá!"

(Não sei quem é o autor).

sábado, 21 de setembro de 2013

Cambalhotas

Maridinho e eu estamos exaustos. Tem dia, na verdade, noite que revezamos com a pequena: quem estiver menos cansado assume a vigília. Mas, quando ambos estamos exauridos, aí o "bicho pega". E hoje é um dia desses.
Antônia está a todo vapor. Passa de meia-noite e nem sinal de sono. Maridinho acabou de sair com ela, pra passear e ver se consegue fazer com que ela durma. Ele nem me esperou. Acho que tá com pena de mim... E eu com pena dele. Nossa! Só quem já passou, ou ainda passa, por noites e noites nessa luta é quem sabe do que estou falando. Contando não consigo exprimir toda a angústia da situação.

Mas, a verdade é que nem só de noite é feita nossa vida. E aqui o sol raia também. E lindamente, num belo sorriso sapeca e inocente da pequetita. Ah, e que nos faz sorrir também, é claro! Hoje mesmo, nos arrancou boas gargalhadas com suas descobertas.
A mocinha aprendeu a dar cambalhotas, gente! Como assim? Do nada? Sem que ninguém ensinasse? Parece que foi empiricamente mesmo.
Contudo, nós estamos preocupados. Será que pode? O pescocinho já está preparado para esse tipo de peripécia? Perguntei ao "Google", mas ele não me forneceu nenhuma resposta que me satisfizesse. Tô ansiosa pra fazer esse questionamento ao pedí.

Pois bem, por hora é isso.

P.S.: Maridinho ainda não voltou.

sábado, 7 de setembro de 2013

mamãe sem bebê

Dormi sem minha filha pela primeira vez.
Quanta saudade senti! Foram, praticamente, 3 dias sem sentir o cheirinho dela.
Foi assim: maridinho terminou aquela bendita monografia e a data de apresentação foi 31 de agosto (me soa bem familiar essa data...rs), em São Paulo. Como fazer uma viagem longa dessas, com um bebezinho a tira colo? Imaginem eu, sozinha com Maria Antônia (digo sozinha porque maridinho passaria o dia todo no curso), pegando aquele metrô lotadooooo e passeando pela muvucona da 25 de Março!! Daria certo? Não,né? Pois é, minha mãe me convenceu disso e eu, com o coração em frangalhos, deixei meu tesourinho. Ficaram com ela minha mãe, meu pai e o reforço vindo de Jequié: Tia Fá e Dulce. Melhores mãos impossível! Ah, sábado à tarde ela foi pra casa da vovó Creusa brincar com Paco, Agá, Carol e Bahuan.

Saí na sexta de manhã e voltei no domingo à noite. Nesse período, minha florzinha não saia de minha cabeça. Comprei várias coisinhas pra ela pra tentar amenizar a consciência que pesava toneladas.
Passei um dia inteiro sem ver Antônia, justamente o dia em que a gente quer ficar juntinho de quem amamos, para receber aquele beijo gostoso e sincero, afinal de contas, não é todo dia que se faz 29 anos. Em outro post falo sobre o niver, tá?

Bem, graças a Deus, correu tudo bem na viagem. Lá contamos com a companhia super agradável de Bruna e Thiago e, agora, já estou curtindo a perigosa de novo.

sono

4:23 da manhã. Estou aqui, acordada desde às 2. Maria Antônia quer brincar. Mas eu e o pai queremos(e precisamos!!!!!) dormir. O que fazer?
Faz 20 minutos que marido saiu de carro pra ver se ela dorme. Ainda não voltou. Ela tá dura na queda. E nós estamos sem saber que atitude tomar.
Médicos foram consultados, exames foram feitos, mas continuamos sem resposta.

E agora? Socorro!!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Festival de Inverno

Ontem foi a primeira vez que saí sem Antônia.
1 ano, 1 mês e 23 dias depois maridinho e eu saímos sem o biscoitinho.
Domingo, Festival de Inverno, Lulu Santos e Jota Quest... não resistimos: fomos!
Detalhe: minha mãe também é louquinha por Lulu e estava super empolgada. E agora? Apelamos pra sogrinha. Ela topou e fechou! Deixamos a pequenininha lá por volta das 20:30h, gritamos, cantamos, curtimos o som do último dia do FIB e antes de 1 da manhã já estávamos com nosso tesourinho novamente. Bati o recorde! Nunca tinha ficado tanto tempo longe dela.
Confesso: não doeu. Mas deu uma saudade!!! hihi.
Acho que já está na hora de começarmos a nos acostumar uma sem a outra,não é?
Afinal, ela come de tudo, anda tudo e já fala quase tudo! kkkkk. Certo que boa parte do que é dito por ela é em alemão, mas o vocabulário em português está enriquecendo.
A fase daquela pirracinha mamã x papá começou. Eu falo: "mamãe, Antônia" e ela responde: "papá", com a cara mais lavada do mundo! Parece que sabe que está pirraçando. Fala, também, vovó, tchau, luz, tia, água e, hoje, aprendeu a chamar nossa secretária Zete. Nós e Zete estamos bestinhas...rs.

Ai, Maria Antônia, como eu te amo!

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Passeando na casa dos tios

Acabamos de chegar de viagem. Maridinho tirou férias para finalizar a monografia da pós-graduação e, para que ele se concentrasse, resolvemos passar uns dias na casa de Tia Fá e Tio Orlando em Jequié.
Fomos no quinta-feira, dia 15, e voltamos hoje à tarde.
Ah, vivemos momentos deliciosos. Os paparicos dos referidos tios são "figurinha fácil", já eram aguardados e desejados. Porém, tietagem surgiram de todos os lados: outros tios, primos, vizinhos, amigos, de todos os que souberam de sua ilustre estadia na cidade e correram para vê-la, ou que a encontraram por um acaso babaram naqueles olhinhos cintilantes.
Dulce, por exemplo, toda hora arranjava uma desculpazinha para ir ver a pequena. Não satisfeita em ver, brincava que nem criança também. Dava gosto de ver a disposição de Dulce. Antônia era quem pedia menos!rs. Vem pra cá, Dulcinéia!!!
Costa ficou bobo com a visita da pequetita. Disse que vai comprar um bercinho pra deixar lá na casa dele, pra Antônia ter o lugarzinho cativo dela lá também.
Nossa, o que eu senti é que minha princesa tem um cantinho todo especial no coração de muita gente e isso me deixa muito, mas muito feliz!
Mari, Dênis Mile, Tia Jó, familiares, amigos e vizinhos que estiveram conosco nesse final de semana, obrigada pelo carinho.

Mas, antes de encerrar o post, deixa eu contar um segredo? Antes de pegar estrada, passamos no Auditório (é a sorveteria mais tradicional de Jequié) pra tomar sorvete. A espiona da Antônia insistiu tanto, que acabou experimentado um picolezinho de goiaba. Amou,né? Doce e gelado! Mas foi só uma lambidinha! Duas... tá bom, foram várias, vai! E na hora que acabou foi um chororô sem tamanho. Claro que tirei fotinha pra registrar esse momento histórico,né? Já está no álbum de recordações.

Pois, pois, por hoje é só.

Bjocas.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

No ano que ela nasceu...

Esse será o primeiro post da série " No ano que ela nasceu...".
E o que é isso? É uma tentativa de compilar o que estava acontecendo no mundo no ano de 2012, o ano da minha nuvenzinha de algodão doce.
E vamos começar pelo som que embalava a galera.
Temos, então, uma seleção bem eclética. Para todos os gostos.
Na verdade, uma misturinha de todos os gostos.

Para me auxiliar na elaboração da lista, recorri à Rádio Uol. E não é que ela já tinha feito o serviço todinho pra mim?!?kkkkk. Mas eu passei um pente fino, selecionei algumas.

Gangnam Style só poderia estar no topo da lista. O "japinha" (o cara é coreano) lançou um clip super tosco e... arrasou! Todo mundo curtiu e dançou junto.
Paula Fernandes não saiu das rádios com Eu Sem Você, Sensações e Cuidar Mais de Mim. E ainda teve Long Live, num dueto com Taylor Swift.

As novelas queriam nos empurrar osmose a dentro suas trilhas. O Cara - de Roberto Carlos, Someone Like You - de Adele, Assim Você Mata o Papai - Sorriso Maroto eram figurinhas fáceis a qualquer hora do dia.

Os #nãoseiporque chamados de sertanejos continuaram causando com suas modas: Gustavo Lima com sua Gatinha Assanhada e Balada Boa; Munhoz e Mariano com o Camaro Amarelo; João Lucas e Marcelo querendo o Tchu Tcha Tcha.
Os #achoqueseiporque chamados de sertanejos também trouxeram paradas de sucesso como É Tenso, A Verdade e Férias em Salvador (Fernando & Sorocaba); Não me Perdoei, Não Precisa, Lágrimas, Quando Você Some e Amor de Alma (Victor & Léo); Eu não Vou Aceitar (Bruno & Marrone); Sonho de Amor (Zezé di Camargo e Luciano).

Foram muitos os hits em 2012, mas um, em especial, embalou minha gravidez: A sua vista de João Neto e Frederico. Linda!

Voltarei com mais "No ano que ela nasceu..."

bj.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

O segundo Dia dos Pais

Ontem foi o segundo Dia dos Pais de maridinho.
O primeiro foi conturbado, por conta da queda de Maria Antônia.
Esse segundo foi um pouco mais tranquilo, deu até para irmos almoçar na casa da vovó Creusa e do vovô Pedro. Comemoramos eu, Maria, tia Fá, minha mãe, minha irmã, a bisa e os avós paternos de Maria. E, claro, o papai de Maria.
Meu pai não pôde estar presente, pois estava viajando a negócios(ele não poderia ter viajado outro dia??? Me pergunto isso até agora!).
Almoçamos, conversamos, babamos a pequena caminhante e voltamos pra casa. Afinal, maridinho tinha a bendita monografia pra terminar (aff!).

Foi tudo rapidinho, mas o importante é que nos abraçamos e fomos felizes.

Que beijinho doce...

Antônia já joga beijo há algum tempo, mas, ultimamente, esses beijinhos estão ainda mais charmosos.
Ela faz tão bonitinho: contrai toda a bochecha para formar o biquinho, começa a rir da situação, fecha os olhinhos e solta o beijinho com direito a barulhinho e gargalhada.
Tô apaixonada!!!

Só é falar:" beijo, Antônia!", que ela manda ver.

Te amo, filha!

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Ela já anda, ela desfila...

Um pouquinho tarde para os padrões, mas na hora dela, na hora que tinha que ser.
Antônia já está toda independente, andando de um lado para o outro, para acalmar a ansiedade dos avós.
Dos avós, porque nós, papai e mamãe, não tínhamos pressa nenhuma. Nosso colo estava à disposição de nosso tesouro. 
Mas, agora, um marco do desenvolvimento aconteceu, e estamos todos curtindo e fazendo festa.

bjocas.

sábado, 20 de julho de 2013

Niver de Antônia: a decoração.

Vim aqui correndo! Aproveitando que a pequetita foi visitar a vovó Creusa e o vovô Pedro com o pai para contar mais um episódio do niver de 1 aninho.
Hoje vou falar sobre a decoração.
Confesso que festas mega coloridas não são muito a minha cara. Aí, vem uma amiga minha de diz: " mas essa festa é de Maria Antônia! Quando for uma festa sua, você faz a sua cara, mas essa tem que ter o jeitinho dela."
Tá, concordo! Mas deixa eu fazer, pelo menos essa, com minha maneira sóbria de ser?!
Sabia que iria encontrar dificuldade para colocar o meu plano em ação, pois a maioria dos decoradores, quando se fala em festa infantil, pensam logo em algo coloridão, cheio de balões, balas, pipocas, bonecos e afins.
Ah, mas eis que surge Giselle Campos em meu caminho! Ela não só entendeu o meu estilo, como me mostrou por fotos de suas festas que aquele também era o perfl dela. Fechou!
Combinamos uma decoração em tons de bordô, rosa seco e pérola; arranjos altos nas mesas e carregada de flores naturais; leve toque infantil, para fazer alusão à tenra idade da aniversariante, sem, contudo, centralizar nesse tema.
Giselle, então, utilizou 40 dúzias de rosas, em 8 mesas de convidados, duas mesas de doces, 2 mesas de composição, penteadeira e banheiros.
A decoração das mesas foi complementada com balões de gás hélio transparentes.
Aquele painel de balões que eu, particularmente, não gosto muito, foi substituído por uma cortina bordô maravilhosa e espelhos dourados.
Na entrada havia uma penteadeira rosada com as bobonieres lindamente decoradas; caixa de presentes e a estante com as latinhas de guloseimas.
Logo após, estavam as mesinhas de composição de metal dourado, que eu apelidei de "mesinhas-charme", formando a área lounge.
Daí, vinha a mesa com o bolo. Deixa eu falar um pouquinho sobre ele? Foi um bolo de 4 andares, em tons de champagne e rosa seco, com detalhes dourados e acabamento com pérolas. Lindo, lindo!
Atrás vinha o largo com as mesas dos convidados, delicadamente arrumadas com flores, balões e belas toalhas rendadas na cor champagne.
Finalmente, as mesas de doces! Foram duas mesas grandes em madeira mogno.

Ah, não posso esquecer da área teen!!! Lá na frente, após as mesinhas-charme, havia o recanto da criançada: uma mesa com lindas jarras de suco, mesa baixinha para perfeita acomodação dessa galerinha e cama elástica.

Por fim, no toilette havia flores, toalha e sabonete personalizados. Tudo delicadamente confeccionado.


Posto mais fotos logo,logo!

bjocas.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Não!

Hoje a vovó Tania ensinou mais uma arte para a netinha.
Agora, a pequena Antônia levanta o dedinho e o balança de um lado para o outro e fala "nã".
kkkk.
É lindinho demais!
Balança o dedinho, mamãe, pra insônia!!! rs.

bjocas.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Mais um dentinho.

Oioi!
Prometo que continuarei contando os detalhes do aniversário de Antônia, mas agora tô passando rapidinho só para registrar o nascimento do 7º dentinho.
Ontem à tarde, durante uma crise de choro, eu percebi uma pontinha branca na gengivinha de minha gatinha e gritei: é dentinho! Estávamos no carro, (eu, maridinho e a pequena) e, no caminho mesmo, paramos e compramos o remedinho para aliviar a dor, que deve ser chata pacas!

Juro que volto pra conversar mais!

bjocas.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Preparativos para o niver - II parte: os ajudantes.

Mamãe, nunca mais escrevi sobre o que se passa com você,hein?
Perdoa a mãe, pois foi por uma boa causa. É que todos os meus sentidos estavam canalizados para os preparativos da sua festinha de aniversário.
A mamãe pensou em tudo com muito carinho e deseja que, quando você vir as fotos, sinta todo o amor que estava impresso em cada pétala de rosa, em cada mimo de sua festa.
Foi correria total!
A mamãe, apesar de tentar o contrário, deixou muita coisa pra última hora. Mas ela não estava só. Contou com ajuda valiosa de pessoinhas muito especiais: tia Day, a mãezinha de seu amiguinho Miguel, colocou-se a nossa inteira disposição, para o que ela fosse útil. E foi de uma serventia sem tamanho. Fez massa de docinho, enrolou docinho, levou trabalho artesanal pra casa e ainda fez entrega. Ah, como não bastasse, ainda ficou de babá enquanto a mamãe cuidava de alguns detalhes na rua. "Dayonça" é mesmo um doce,não é?
Tia Dani, a mamãe de Ana Clara, deu o toque final das lembrancinhas.
Tia Cau, Tia Bruna e tia Fá também deram uma super mão enchendo as latinhas de guloseimas e os potinhos de brigadeiro de colher, e enrolando os cupcakes de toalha. Tia Bruna também levou serviço pra casa, o que nos rendeu 100 brigadeirinhos.
Até Tio Thiago colocou a mão na massa e nos brindou com uma deliciosa ambrosia.
Sua vovó Tania não poderia deixar de fazer aqueles quibes maravilhosos. Caprichados na gostosura, foram sensação na festa. Nem precisa falar que ela também participou de todo o processo indo pra cima e pra baixo conosco,né? Ah, e foi ela quem fez o amendoim doce que colocamos nos tubetes!!
Prima Marina deu um help na sonoplastia e a Prima Jamile socorreu nos preparativos finais, ficando conosco para que conseguissemos nos arrumar (que anjo!).

A todos vocês, meu muito obrigada!
Não sei como seria se eu não tivesse contado com a colaboração dessas mãos e desses corações.

Vocês querem um aperitivo da festa?
Olhem só:


beijocas.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Aniversário de Antônia: os convites!


Pessoal, estou na correria da entrega dos convites. Imaginem só:  falta, apenas, 1 semana para o aniversário de Antônia e eu acabei de começar a distribuir os convites. Estamos mega atrasados, não é?
Tava sem conseguir sair de casa com a pequena, pois é muito difícil dirigir com Antônia no bebê conforto. Difícil não, impossível! Ou ela está aos berros, ou malinando até tirar o cintinho de segurança. Aí já viram! Levanta, fica em pé e eu louca no volante sem saber o que fazer. Não, não, não! Ficar resolvendo coisas na rua sozinha com Antônia, definitivamente, não dá!
Tive, então, que fazer muita coisa por telefone. Todos os contatos iniciais foram via telefone ou e-mail.
Com o convite não foi diferente.
Joguei no 102conquista "convites" e apareceu um tantão de números. Um dos nomes me chamou atenção: Requinte Convites. Entrei no site deles e mandei um e-mail. Pouco tempo depois, me responderam com as perguntas básicas (quantidade desejada, data do aniversário, etc.). Enviei resposta com o texto, os dados solicitados e as características do meu sonho de convite. Pronto, Ana (a proprietária da empresa) começou a elaborar o layout. A cada novidade, ela me enviava pra que eu pudesse dar uma olhadinha e fazer as alterações que eu julgasse necessárias.
Fiquei encantada com o profissionalismo e agilidade de Ana. Ela respondia aos e-mails muito rapidamente e confeccionou os convites em tempo recorde. Aprovei o layout na segunda e na sexta cedinho a encomenda já estava em minha casa.
Agradeço à Ana e à Requinte Convites pelo excelente atendimento e pelo belo trabalho. O convite está digno da princesa que é a dona da festa!





Lindo, não está?

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Há quanto tempo!!


Quase 1 mês!
Isso mesmo, faz quase 1 mês que não venho aqui. Nosso cantinho tá abandonado...
Mas não é falta de assunto,não. Bem pelo contrário! É que o assunto não para de ocorrer, não me deixando um fiapinho de tempo pra contar as novidades.
Além daquele velho serviço de casa, marido, filha, consultas médicas, viagem, parará e parará, estamos no mês de junho,né? Tem fogueira, vestido de xita, comida gostosa, quentão e forró. Mas não é só isso. Junho é véspera de julho. E julho é o grande mês.
Logo alí, no comecinho, tem o ANIVERSÁRIO DE MARIA ANTÔNIA!!  Aí vocês podem imaginar a correria na qual me encontro,né?
Resolver tudo em menos de 1 mês não está sendo fácil. Ainda mais tendo que correr atrás da perigosinha que não queta um instante sequer. Sufoco é a palavra.
Bem, vou atualizar em uma frase,ok?
Antônia está com 11 meses, cada dia mais linda e sapeca, se preparando para os festejos juninos e "julhinos" e com 6 dentinhos na boca.

Voltarei para falar do 11º mesversário e contar sobre os preparativos para o niver.

bjos.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Viagem e mais viagem...

Tantas coisas acontecendo e eu sem tempo para contar.

Nossa viagem semana passada é uma delas.

Pegamos as malas e colocamos o pé na tábua. Fomos a Salvador. De novo.

Maridinho tinha curso e Antônia revisão com a pediatra. Eu fui só de acompanhante mesmo.

Saímos de casa por volta das 16:00h de quinta-feira (09). Fizemos um pit stop em Jequié pra despachar as malinhas de mão- minha mãe e minha irmã- e pra dar um cheirinho em tia Fá e tio Orlando.

Às 19 e poucos seguimos viagem. Chegamos a Salvador perto de meia-noite. Cansadérrimos! Fomos pra um hotel e lutamos, até perto das 3h da madrugada, contra a agitação de Antônia.

Amanheceu, maridinho foi pro curso e nós -mulheres- fomos bater perna nas lojas.
Por volta do meio-dia, meu pai (que estava na cidade a negócios) veio nos ver e ajudar a retirar as malas do hotel, pois se aproximava a hora da consulta e a tia Bruna da Antônia já estava chegando para nos levar pra casa dela.

Pois bem, meu pai nos acompanhou à pediatra. A titia da pequena já nos aguardava no consultório. Foi uma delícia a companhia dessa comitiva. Meu pai ficou "se achando" ao ser confundido com o pai da miúda...rs.

Passeamos no shopping, recebemos o carinho dos tios de Antônia, cheios de atenção e frutinhas para a sobrinha. Ah, e um açainho "da hora" para os pais da sobrinha também.rs.

No dia seguinte, finalzinho da tarde, colocamos o pé na estrada novamente.
Dormimos em Jequié e, pela manhã, voltamos pra casa.

Era domingo. Dia das Mães. Meu primeiro dia das mães. Mas esse é assunto pra outro post.

bjocas.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

10º mesversário!

Gente, agora que me dei conta que estou em falta.
Ainda não falei sobre o 10º mesversário da fofurinha! Vejam só que relapsa estou!!
Vou me redimir agora!
Dia 02, como tem sido nos últimos 10 meses, foi dia de festa aqui em casa.
Mas este mês tivemos um buffet super especial. A vovó Tania da Antônia, fez questão de preparar, com sua próprias mãos de fada, os salgadinhos da recepção. Pastelzinho de forno, canudinhos recheados e o tradicional quibe feitos pela vovó, compuseram o menu juntamente com o brigadeiro de copinho feito por mim. Para a hora dos parabéns, um bolinho todo coloridinho estava a nossa espera.

Marcaram presença nesse lindo dia: Vovó Tania e vovô Reinaldo, vovó Creusa e vovô Pedro, tio Rodrigo e tia Cláudia, Cintia e João Pedro, Grazi e Mari.

Ah, nesse mesmo dia, soou o primeiro "vovó"!! Aí vocês já imaginam como minha mãe babou,né?

Mais um mês de minha filha.
Quanta alegria!
Obrigada, meu Deus!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Subindo as escadas

Oioi!
Passando rapidinho, enquanto a pequena vira a sala de pernas pro ar, só pra registrar uma novidade.
Serelepe, serelepe a mocinha arteira já me sobe as escadas sem pestanejar, nem olhar pra trás.
Começou como quem não quisesse nada na quarta-feira (dia 08) e agora já está craque!

Pimentinha da mamãe!
Não posso mais piscar o olho!

domingo, 12 de maio de 2013

Mãe...

Mãe é aquela que toma um baita susto na hora que descobre a gravidez...

Que teme pela transformação do corpo: aumento do peso, alargamento da cintura, escurecimento da pele, aparecimento de estrias, celulite e varizes, inchaço.

Que tem seu metabolismo alterado: sono excessivo, digestão lenta, azia, fome, boca amarga, enjôo, vômito, náusea, vertigem.

Que passa a contar o tempo em semanas de gestação e só pensa no dia D. Na verdade, sonha com esse dia, mas, também, morre de medo do parto: dores, anestesia, corte...

Que não vê a hora de estar com o quartinho todo prontinho digno da realeza que vai chegar.

Que anda remando.

Que enfrenta a gélida sala de parto.

Que passa pela sofrida recuperação da anestesia.

Que sente a dor de uma cirurgia.

Que amamenta em meio toda essa dor.

Que supera madrugadas insone e dias de exaustão.

Que tenta driblar as lágrimas do blues puerperal, para dar o melhor de si e não deixar que percebam quão difícil está sendo.

Que tem sua rotina revirada: banho e higienização bucal tornam-se luxo. Tá sempre com aquela "cara de ontem", cabelo de bruxa e passa dias com a mesma camisola cheirando a leite azedo.

Que abnega-se de si mesmo para doar-se ao filho. Pretere sua carreira, seus estudos, casamento e planos por aquele que Deus colocou em seus braços.
Que adoece pelo isolamento, stresse, solidão e loucura hormonal.
 
Que perde cabelos...
 
Mas ganha o sorriso mais lindo e o título de pessoa mais importante do mundo.
 
Antônia me fez conhecer o sentimento mais sublime e intenso que alguém pode experimentar e a sua chegada  fez com que eu admirasse ainda mais a guerreira que meu deu a vida.
 
Obrigada por todo amor, Mãe.
Obrigada por todo amor, Filha.
 
Amo vocês!
 
 

domingo, 5 de maio de 2013

Enjoadinho

Oi!
Final de semana super corrido.
Ainda estou devendo o relato do dia 02 de maio: mesversário!!!
Voltarei para trazer os detalhes, com certeza!!

Agora, eu entrei só pra contar que fiquei emocionada com aquele quadro do Fantástico, "O Mundo sem Mulheres". Na verdade, o que me comoveu foi o Enjoadinho do Vinícius.
Já li e ouvi várias vezes, mas agora bateu lá no fundo.

Agora eu sei:
"que coisa louca
que coisa linda
que os filhos são!"


Boa noite.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Resultado do sorteio do template!

Olá, mocinhas!
Boa noite!
Estou chegando com boas novas.
Já tenho o nome da sortuda que faturou um template personalizado todinho seu.
O sorteio acabou de ser realizado através do Sorteador.

Então... a ganhadora foi Regiane Makiyama do Vinicius mamãe que disse!

Parabéns Regiane! Obrigada por ter participado de nosso sorteio.

Pois bem, mãezinhas, a ganhadora já foi devidamente notificada por e-mail e estamos aguardando seu contato.

Agradeço a todas que se inscreveram e peço para que não fiquem tristinhas, pois outros sorteios virão e é só cruzar os dedos.

Venham conferir e participar, ok??

Ah, e, é claro, acompanhar as notícias da pequetita Antônia!!!

beijocas pra vocês!!!

terça-feira, 30 de abril de 2013

Viajando com Antônia!

Conforme prometi, tô vindo falar sobre nosso final de semana.
Maridinho foi convidado para um casamento em Ilhéus.
Mesmo contra vontade, arrumei as malas e fui. Vou explicar.
Eu não estava muito empolgada para a viagem, porque ainda estou insegura com Antônia. Pegar estrada, ficar em hotel, sem fogão, sem microondas, sem liquidificador, sem mixer, sem peneira... Passeios sem acesso a água potável, sem ambiente adequado para manipalação de verduras, frutas e afins...aff! Eu ficava exausta só em pensar. Mas acabei cedendo aos apelos argumentos do maridinho e de minha mamis.
Lá, a coisa foi não foi como eu imaginei. Foi muito mais complicada!
Sufoco puro! E, pra completar, Antônia não queria comer. Passamos 2 dias fora e foram 2 dias de baby avessa às refeições. Nem doce, nem salgado, nem líquido entrava. Ela estava à base de brisa e 1 mamadeira distribuída ao longo do dia.
A higienização dos pratinhos, mamadeiras e chuquinhas também estava precária. No hotel eu só tinha acesso ao microondas. Beleza! Mamadeira e chuquinha estavam com a primeira esterilização garantida (digo primeira, porque saíamos durante o dia, e não tínhamos mais oportunidade de esterilizá-los). Mas os pratinhos não têm indicação para esse tipo de utilização, então... ficaram encostados! Mas, também, diante do fastio da moça, nem precisamos usá-los.

Ah, após esta experiência, quero deixar uma über dica às mamães de primeira viagem que estão montando o enxovalzinho de seus pimpolhos agora: comprem utensílios de refeição livres de bisfenol-A e que possam ser levados ao microondas!

Contudo, tenho que confessar: nem tudo foram espinhos. Passamos momentos super gostosos em família. Curtimos um ao outro, curtimos nossa filha e esta aprontou bastante. Fomos ao casamento na sexta, passamos o sábado em Olivença, depois seguimos para Itacaré. Domingo almoçamos na praia e demos muitas risadas com as birrinhas da pequena.
Voltamos pra casa no começo da tarde, mas, no meio do caminho, paramos para admirar e apresentar Antônia ao mirante de Serra Grande.

Apesar da peleja, "num" é que foi um final de semana legal?!? Aproveitamos para comemorar nossos 3 anos de casados. Uma "lua-de-melzinha" a três. =).

Pois é, aproveito para alertar para a última oportunidade de participar do super sorteio do template.

Inscreva-se!

bjocas.


segunda-feira, 29 de abril de 2013

O dia do sorteio tá chegando!

Pois é, o título do post diz tudo.
Tá chegando a hora de sabermos quem será a sortuda que terá seu cantinho renovado.
Mas ainda dá tempo de participar!!!!

É mole, mole.

É só:
1. Seguir publicamente o nosso cantinho Doces Dias de Maria e

2. Preencher o formulário de inscrição.

CHANCE EXTRA:

1. Fazer um post falando sobre nosso sorteio.



Ah, voltarei com a narração de nossa fugidinha no final de semana. =)

bjocas.



quinta-feira, 25 de abril de 2013

Estalando a lingua!

Estou sumidinha, eu sei.
Se a rotina já era apertada, agora que minha secretária me deu um *&¨%$#@%&  despachou a situação está beirando à calamidade.
Dar conta de baby, marido, casa, família e afins é uma tarefa nada nada fácil. Ficar bonita, então, já não me pertence mais. Me contento com a oportunidade de tomar banho e escovar os dentes todos os dias (olha que luxo!).
Tá, mas agora eu não vim aqui para falar de mim. Venho trazer novidades da Maricota.
A brincadeira do momento é estalar a língua. Quem ensinou eu não sei, mas é bonitinho e ela se diverte.
Acho que vou ter que passar uma mão de tinta no bercinho. Tá todo arranhado. É só deixar a garotinha uns minutinhos lá, que o ócio faz com que ela vá se distrair enfiando o dente no babybed.
Ah, e por falar em dente... tem mais um chegando!!! O primeiro incisivo lateral. É o superior do lado esquerdo de quem vai. Eu vi hoje. E deve ter sido esse o motivo do chororô de 15 dias atrás. Acabei nem contando esse episódio, não foi? Aff, trata-se da "noite do terror", na qual ninguém dormiu aqui em casa porque Antônia estava inconsolável.
Não ia contar agora, não, porque tô com um pouquinho de pressa, mas vou aproveitar o ensejo e registrar logo o ocorrido.
Na madrugada de 11 pra 12 (deste mês), Antônia chorou incessantemente, não obstante o uso de Tylenol Bebê, Mylicon, homeopatia de camomila e sonin. Amanheceu e a levamos ao pronto atendimento infantil. O médico fez algumas poucas perguntas, olhou ouvidos, nariz e garganta, solicitou raio-x do tórax, hemograma, PCR e sumário de urina. Achei mais prudente não fazer o raio-x. Ôxe, a menina não tava com peito chiando e, mesmo assim, submetê-la ao segundo exame que envolve radiação?! Negativo!  Partimos, então, para a coleta do sangue. O resultado saiu poucas horas depois e estava absolutamente normal.
Já a coleta da urina foi frustrada. Não teve jeito daquele saquinho ficar no lugar. Mas como o PCR deu normal, era sinal de que não havia infecção. Mas, se houver necessidade de realizar sumário novamente, não sei como será. Ô trenzinho chato! Ou foi "B.O." meu? Acho que não, porque várias mãezinhas se queixam da dificuldade que é coletar um xixizinho.
E vocês querem saber o final desta história? Qual o diagnóstico para o pranto sem remédio da pequenininha? Tcharam!!! Nenhum!! O médico, simplesmente, disse que estava tudo normal e que era assim mesmo. Pra variar, né? Quando eles não dizem que é uma virose, dizem que não é nada. a gente torce para que não seja nada mesmo, mas fica difícil acreditar que um bebê chorando há 24 horas sem parar, contorcendo e esticando as perninhas não esteja sentindo nada.
Mas, graças a Deus, passou! Depois da "noite do terror", tivemos a "noite do amor" (como diria minha vizinha), na qual a família dormiu em paz.

Pois é, agora com o advento do novo dentinho, começo a associar a "madrugada 12" a ele. Se o terceiro molar quando tá nascendo, nós, grandinhos, sofremos horrores, imaginem os miudinhos?

Bem, bem, vou indo alí. A miúda está tirando uma sonequinha (iupiiiiii!) e eu vou aproveitar para lavar a louça (arghh!).

beijocas,

terça-feira, 16 de abril de 2013

VACINA DO 9º MÊS

Bem, depois da tranquilidade do 7º e 8º meses sem precisar levar a bonequinha para receber furadinha, chega o 9º mês e, com ele, a vacina contra a febre amarela.
Contudo, na consulta com a pediatra de Salvador, houve uma recomendação que eu achei o máximo. A médica falou que não havia necessidade de aplicar a referida vacina agora. Justificou dizendo que por ela não morar em região de risco¹, nem ter pretensão de se dirigir a alguma delas, indica-se, sem prejuízo ao bebê, aguardar um pouco mais para vacinar.

Diante da orientação, resolvi não levar minha pequenininha ao posto de saúde este mês.

Olha, as inscrições para o sorteio ainda estão abertas. Que tal ganhar um template feitinho na medida para você??
Não perca essa chance!!!

Inscreva-se Aqui!!!



obs¹: No Brasil, os locais de risco são as regiões de matas e rios das seguintes regiões: todos os Estados da Região Norte e Centro-Oeste, bem como parte da Região Nordeste (Estado do Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia), Região Sudeste (Estado de Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo) e Região Sul (oeste dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

Fonte: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/febreamarela/viajantes.php


bjocas,

segunda-feira, 8 de abril de 2013

SORTEIO!!!

O Doces Dias de Maria inicia a semana trazendo uma surpresinha para suas leitoras(es) blogueiras(os): um TEMPLATE PERSONALIZADO pela caprichosa Mariana Bibiano.
Olha só que delicinha de presente!! Você que está começando no blogger agora e, assim como eu, fica perdidinha tentando arrumar sua página, ou voc^^e que quer mesmo é dar uma renovada na carinha do seu cantinho a hora é essa!!
 
Vejam só! 


PARA PARTICIPAR É SUPER FÁCIL!

Basta:

1. Seguir publicamente o nosso cantinho Doces Dias de Maria e
 
2. Preencher o formulário de inscrição.


CHANCE EXTRA:

1. Fazer um post falando sobre nosso sorteio.


Lá vão algumas informações importantes:

- As incrições começam hoje e encerram no dia 30.04.2013;

- O sorteio será realizado dia 01.05.2013, através do sorteador e contemplará apenas 1 ganhador(a);
 
- O resultado será divulgado aqui no blog e o ganhador será notificado por e-mail, tendo 48h para responder. Caso não o faça, outro sorteio será realizado;

- O prêmio inclui: menu personalizado/ Banner/Data e comment personalizados/Titulo dos gadgets personalizados/Menu/ Barrinha ou assinatura no final da postagem/ Opção para responder comentários/ Botões de compartilhamento no fim de cada post/ Emoticons nos comentários/ Favicon/ Instalação.

Atenção: qualquer item além dos descritos não faz parte do prêmio e, caso o ganhador deseje acrescentá-lo ao template, deverá negociar à parte com a designer.
 
 
VALENDO!
 
Boa sorte!
 

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Plagiocefalia posicional

Quando a Maria Antônia estava com 14 dias, uma prima minha veio de Jequié para visitá-la. Ela ficou invocadinha com o formato da cabecinha "da bebezinha".
"Ai prima, é tão lindinha, tão redondinha", dizia ela repetidas vezes.
Já no final do dia ela complementou o elogio: " É que tem tanto bebê com a cabeça achatada. Minha mãe fala que é porque fica muito tempo deitado de um lado só."
Achei aquilo um pouco estranho, nunca tinha escutado sobre isso. Confesso que até pensei que fosse história sem lógica como muitas que a gente ouve por aí (tipo: "parida não pode lavar cabelo", sabe?), mas resolvi investigar.
Êita! E não é que minha prima tinha razão!!??!!

Fiz várias leituras a respeito de achatamento de cabeça de bebê e descobri que é assunto sério e tem nome: Plagiocefalia Posicial. Trata-se de uma assimetria detectada no crânio do bebê e pode ser causada pelo posicionamento intrauterino, em casos de partos complicados e na gestação de gêmeos. Após o nascimento, a plagiocefalia posicional geralmente é causada pelo vício na posição dos bebês para dormir.
E não é que, mais uma vez, minha prima estava certa!?
Me desesperei! Pensei:" Será que a cabecinha da minha filha vai ficar achatada? Por que ninguém me alertou sobre isso antes? " Chamei meu marido e perguntei se ele tava notando alguma alteração na cabeça de Antônia (coisa de mãe de primeira viagem) e lógico que não! Nasceu perfeitinha e recebemos o alerta em tempo! Está tudo ok.

Pouco se fala do tema, mas é real e possui índices altos de ocorrência. Acontece que o crânio do recém-nascido é composto de placas móveis, cuja mobilidade é essencial para o parto vaginal, e deitar o bebê frequentemente numa mesma posição pode dificultar a plena movimentação das placas, causando a deformidade.
Até os 6 meses de vida o problema é revertido com facilidade e em casos mais severos a indicação é tratamento com um capacete especialmente desenvolvido para essas situações, chamado de órtese.

Bem, mamães, existem coisas que a gente só descobre "na marra" mesmo. Bebê, infelizmente, não vem com manual de instrução e pediatra nenhum do mundo vai nos dizer tudo o que precisamos saber. Por isso, temos que ficar atentas (sem noiar, tá? Serenidade é sempre importante) e procurar informação.


Beijocas,





Referências:

http://rihuc.huc.min-saude.pt/bitstream/10400.4/1417/1/Plagiocefalia.pdf
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI284367-15327,00.html
http://filhosecia.uol.com.br/2011/07/deformidade-craniana-em-bebes-a-plagiocefalia-posicional/
 
 


terça-feira, 2 de abril de 2013

HOJE É DIA DE MARIA!

É sabido por todos que dia 2 é dia de festa aqui em casa. SEMPRE!
É dia que eu babo ainda mais.
É dia de alegria.
É dia de pensar em coisas boas. De lembrar de coisas boas.
É um dia especial.
Dia de agradecimento.
Dia de bolo e velinhas.
Dia de reunir pessoas queridas para comemorarmos mais um "mesinho" de Maria Antônia.

Preciso registrar em alto e bom som que encerramos o 8º mês com a pronúncia do vocábulo mais lindo do mundooooooo: "Mamã" é palavrinha fácil na boca da sapequinha!! Tô super feliz!!!
Ah, tá bom, "papá" também tá em alta, mas na hora que a coisa aperta não tem pra onde correr, é "mamã" mesmo!!!
E sai pra lá baixo astral! Não venham me dizer que é involuntário e que ela não me associa ao que está balbuciando, tá? Deixem eu curtir o momento!rs. ;)

Por fim:
Parabéns, filha!
Obrigada por esses 9 meses de felicidade.

Te amo.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

"Coelhinho da Páscoa que trouxes pra mim?"


"um ovo, dois ovos, três ovos assim."

Não, não foi só isso. A Páscoa é muito mais que chocolate. É momento forte de oração, ponto alto da vida do Cristão, pois celebramos a vitória de Cristo sobre a morte, a nossa salvação.

Aqui em casa não costumamos viajar para que não nos dispersemos do real sentido da data. Tantas outras oportunidades para farras em família ou entre amigos nós teremos ao longo do ano, e tentaremos aproveitá-las ao máximo, mas Semana Santa, para nós, é tempo de reflexão.

Cada vez que revivo com a Igreja o sofrimento e a Paixão de Jesus, meu coração se enche da certeza do amor de Deus por mim e explode de alegria na festa da Ressurreição.

A Páscoa trouxe, também, pessoas queridas para perto de nós. Cheios de saudades da pequena, tia Fá, tio Orlando e nossa prima Marina despencaram de Jequié até aqui só para vê-la. Vieram com as malas recheadas de carinho para viverem com Antônia sua primeira Páscoa.

Inesquecível a presença de vocês, viu?
Vocês são especiais e tornaram ainda mais Santa a nossa semana.

bjocas.



sexta-feira, 29 de março de 2013

Bate palminha, bate!

Bem que a vovó avisou que iria ensinar a perigosinha a bater palmas.
No dia em que ela cumpriu a missão de ensinar a dar tchauzinho, disse que o próximo passo seriam as palminhas.
Promessa feita, promessa cumprida.
Após algumas horinhas de aula, Antônia já não conseguia se conter e batia as mãozinhas euforicamente ao primeiro som da musiquinha de São Tomé.

Tá uma gracinha. Agora, diante de uma canção mais agitada, já não se satisfaz em sacudir a mãos e balança o corpo todo. Dança que é uma beleza.

 E como novidade legal nunca vem sozinha (pelo menos aqui em casa, em se tratando de Maria Antônia, é assim), a mocinha me inventou um tal de "sorriso de bichinho", franzindo o nariz e fungando. É muito fofo e faz toda a família dar altas risadas.

Muito feliz a minha menina!

Pois bem, hoje revivemos a Paixão de Nosso Senhor pela humanidade. Estamos na espera para celebrarmos Sua ressurreição.
Um Santo Sábado de Aleluia para todos nós.


sábado, 23 de março de 2013

Ela já senta,sim! E faz tempo!

Essa semana, uma amiga nossa veio nos ver e trouxe a filhinha, a linda Eloísa de 2 anos e 7 meses. Colocamos Antônia e Lolô para brincarem juntas no chão da sala. Daí, nossa amiga soltou: "Eu não sabia que Maria Antônia já estava ficando sentada."
Como assim, Bial? Antônia tem 8 meses e não só senta, como engantinha a casa inteira (como já contei pra vocês aqui mesmo), levanta e dá passinhos apoiando nos móveis.
E mais, há registros da sapeca sentadinha posando para fotos aos três meses de vida. Tá bom, apoiada em travesseiros, é verdade. rs. Mas aos 5 meses, ela já tinha passado da fase de solicitar que a levantássemos. Completamente independente, colocava-se sentada a hora que bem entendesse (aqui eu conto o primeiro episódio).
Desde os 6 meses que ela brinca com Clarinha (a cachorrinha) no chão e, mesmo com toda a euforia de ambas, Antônia não se desequilibra!
E essa amiga não foi a única a demonstrar desconhecimento do fato.
Então, desavisados de plantão: "...e faz tempo!"

super beijos,


quarta-feira, 20 de março de 2013

Proibida de amamentar!

Ontem saí da minha endocrinologista chorando.
Exames de rotina indicaram alteração na tireóide. Repeti e realizei alguns mais específicos e o hipertireoidismo foi confimado.
A princípio, suspeitava-se de hipertireoidismo pós parto, muito comum entre as "recém-mães". Mas após alguns resultados (anti-tpo e trab), constatou-se que dois são os motivos da alteração.
Diante dos números, a médica me perguntou: "Mônica, amamentar é importante pra você?", ao que, prontamente, respondi que sim!
Amamentar, para mim, é a forma mais genuína de doação, de entrega, de amor. Algo pelo qual agradeço a Deus a oportunidade de vivenciar.
Mas a médica, vendo lágrimas em meus olhos, disse que agora é hora de eu cuidar um pouquinho de minha saúde e isso inclui o uso de um medicamento chamado Tapazol, que é excretado no leite materno. Ou seja: não posso mais dar o "pepê" pra minha filhinha.
Amamentei exclusivo durante 6 meses e continuei até hoje, quando paro por motivos alheios à minha vontade.

Mais um bonitão no pedaço!

Eu sou uma mãe bobona babona por achar os dentinhos de Maria as coisinhas mais lindas que existem em todo o mundo?
Claro que não! Porque o são mesmo!
Ai, gente, me derreto toda quando vejo aquelas pequenas pérolas no sorriso dela. E tem mais dentinho chegando! Um incisivo central superior já apontou e eu fico encantada esperando pelos outros.
Tá certo que nem tudo são flores e tem a dorzinha que incomoda também. Aí apelamos pro paracetamol e pro Nenêdent. Ah e paciência e carinho ajudam sempre, né? ;)

Até mais,

terça-feira, 19 de março de 2013

O primeiro Exame de Sangue

Dia 08 deste mês, Maria Antônia tirou sangue pela primeira vez.
Na verdade, a primeira vez foi para fazer o Teste do Pezinho, né?  Mas foi a primeira vez que ela fez o exame da forma convencional, do jeitinho que nós grandinhos costumamos fazer.
O pediatra solicitou esses exames para ver se ela tem intolerância à lactose. De toda sorte, desde então aqui em casa só entra Nan Soy.
Mas vamos ao relato da coleta.
No dia 07, liguei para o laboratório para saber se era necessário algum procedimento especial para a realização do exame. Eles me informaram que só faziam 2 por dia e que, por isso, eu teria que ir lá para marcar. No dia seguinte, então, chamei minha mãe e fomos ao laboratório para marcar.
Fizemos o cadastro e, ao final, a atendente falou: " Pronto, já já faremos a coleta". Gelei! Como assim? Eu não teria que marcar previamente?? Ela disse que o dia estava super tranquilo e que seria realizada naquela horinha mesmo.
Nossa, eu não estava preparada. #mamãetremendonabase.
Foi até bom ter acontecido isso, porque eu não sei quando eu criaria coragem para levar meu bebê para receber furadinha.
Fomos, então, encaminhadas para a salinha especial para esses pacientes pequetitos e uma equipe de três pessoas estava a postos. E eu desesperada super apreensiva.
Coube a mim, segurar os bracinhos da bonequinha. Garrotearam-na e eu acho que isso incomodou mais a mim do que a ela. Colocaram o scalp e a miúda pôs-se a chorar. Cantei quase o repertório todo da Galinha Pintadinha e, apesar do susto da picadinha, Mariazinha colaborou. Eram 5 pessoas na empreitada: enfermeira, auxiliares, mamãe medrosa e vovó fujona que acabou ficando como fotógrafa.
O resultado já saiu e ela tem pedi amanhã.
Vamos ver o que ele vai dizer.

bjocas,

segunda-feira, 18 de março de 2013

Para lá e para cá

"Gentessssss",
o ritmo por aqui anda tão frenético que só venho contar as novidades de Antônia anos-luz depois do dia em que ocorreram.
A alta mobilidade da mocinha é uma delas. Pra vocês terem uma ideia, desde o final do 6º mês, Antônia ganhou mundo. Não para mais quieta.
Tudo começou dentro dos limites do tapetinho de e.v.a 1,5mx1,5m.
Rodeada de brinquedinhos, ela tentava se locomover para apanhar algum deles que estivesse mais distante. Até que o fio da tv tornou-se mais interessante e ela não mediu esfoços para alcançá-lo. O tapetinho, então, ficou pequeno.
Que lindo!
Minha filhotinha está crescendo!
E agora, tá difícil segurar.
Até portãozinho na escada já colocamos. E, ao contrário do que pensou o rapaz que fez o portão para nós, já está tendo grande serventia, pois a sapequinha transita entre os quartos e, inevitavelmente, passa pelo vão da escada.
E mais: não aguenta ver nenhum móvel que se apoia nele e levanta. Perigosa demais!!!!

E a mamãe se apaixona mais e mais.

bjocas,

sábado, 9 de março de 2013

BANHO DE MAR

No domingo, 03.03, fomos passear.
Praia do Forte.
Lindo!!!
Fizemos um tour pelo Projeto Tamar e Antônia ficou encantada pelas tartaruguinhas.
Almoçamos (nós adultos, porque a dona moça resolveu fazer dieta) em Guarajuba.
E, neste mesmo paraíso, Antonia recebeu seu primeiro banho de mar.
Teria a mesma emoção se eu dissesse que apenas molhou os pezinhos? Claro que teria,né?
Pois foi isso que aconteceu. Num fim de tarde ensolarado, papai e mamãe apresentaram seu bebê ao mar. Pezinhos gordos na areia esperando a água salgada que veio e deu um banho de alegria. Antônia amou. A parte do chororô no final a gente pula,tá?

Não resisti:


sexta-feira, 8 de março de 2013

8º MESVERSÁRIO

Maria Antônia iniciou seus 8 meses vendo bolinhas de algodão no céu.
Estávamos indo para Salvador consultar uma pediatra e visitar tia Bruna e tio Thiago.
Quando eu falo "tia Bruna e tio Thiago", são os tios de Maria Antônia,tá?rs.
Feita essa consideração, continuemos.
Tio Thiago nos buscou e tia Bruna nos aguardava em casa com um lindo sorriso nos lábios e a mesa em festa para comemorarmos o 8º mês da bonequinha.
Ai que tudo!!
Tinha bolo, vela, bolas, guaraná, salgadinhos, brigadeiro de copinho e muito carinho para a mesversariante do dia.
Fernando e Marielza, a quem eu posso chamar de anjo, também foram curtir conosco.
Cantamos os parabéns, sopramos as velinhas, tiramos fotos e rimos bastante.
Antônia ganhou presentinhos e se divertiu à beça!

quinta-feira, 7 de março de 2013

Antônia nas nuvens

Sábado dia 02 de março, o dia começou cedo e agitado. Nossa viagem estava marcada para as 10:47h e teríamos que estar no aeroporto, no máximo, 9:47h. E ainda tinha mala para arrumar.
Viajar com um bebê é uma luta! Muitos detalhes, preocupação triplicada.
Logo cedo sogrinhos e cunhadinho estiveram aqui em casa para, entre outras coisas, dar um beijinho na bonequinha.
Minha mãe chegou logo em seguida, me ajudou com as malas e nos levou à pista de pouso ao aeroporto. Chegamos em tempo! Ufa!
Pra vcs terem ideia do volume da bagagem, pagamos excesso de 4kg!! Ou seja, levamos 27kg de pano para passarmos 3 dias fora. kkkkk!
Nos despedimos de minha mãe e tia Fá e embarcamos. Antônia estava prestando atenção em tudo.
Na hora da decolagem, a acomodei em meus braços e ali mesmo ela adormeceu. Só acordou quando chegou à casa de tia Bruna.
A viagem foi super tranquila, graças a Deus, e eu fotografei os melhores momentos da segunda viagem e primeira viagem de avião de Antônia.

terça-feira, 5 de março de 2013

Primeiro selinho!

 Olá!
Chegamos da viagem ontem à noite e estamos cansadérrimos!!!
Criarei vários posts para contar detalhes da segunda viagem da pequena Antônia.
Mas agora eu vou mostrar um lindo selinho que recebi da doçura de pessoa que é a mamãe do Pedro Henrique - A Thaís do Aprendendo a Ser Uma Mãe.
 
Isso mesmo!!! Recebi o selinho do Prêmio Liebster. Este selinho destina-se aos blogs com menos de 200 seguidores e pretende premiar a amabilidade, gentileza, beleza, simpatia do blog (e a blogueira(o)) bem como dar-lhe as boas vindas.


As regras deste prêmio ditam que se responda a 11 perguntas colocadas por quem me presenteou. Agora tenho de escolher 11 blogs para receber o selo e fazer 11 perguntas. Espero que a minha escolha possa ajudar na divulgação dos blogs. Depois as eleitas tem de escolher também 11 blogs com menos de 200 seguidores e fazer 11 perguntas para receber o selinho.
Explicação do prêmio devidamente feita, partirei, agora, para as perguntinhas da Thaís:

 

1. Há quanto tempo o blog existe: 4 meses
2. Por qual motivo foi criado: Para registrar o dia-dia da pequena Maria Antônia
3. Um sonho realizado: O sonho mais lindo está em meus braços agora.
4. Como surgiu a idéia de ter um blog: Surgiu com a extrema vontade de gritar aos quatro ventos que eu estou completamente APAIXONADA pelos olhinhos cor de pérola negra mais lindos do mundo.
5. Você planejou/planeja ter filhos: Planejo ter outros filhos sim, sim,sim! Apesar de muitos acharem isso uma verdadeira loucura hoje em dia. A primeira gravidez não foi planejada, mas foi muito amada.
6. Qual a melhor lembrança que tem de sua infância: dormir ansiosa pela chegada do papai noel na noite de Natal.
7. Qual o seu prato preferido: Cheio de feijão.
8. No que você acha que pode ser melhor: Em tudo!
9. Qual sua maior qualidade: Quem conseguir descobrir alguma ganha um doce!
10. A pessoa mais importante na sua vida é: Nossa! Minha filha é au councour, vamos combinar! Redundante falar que ela é a luz dos meus olhos, o ar que eu respiro. Ela é minha carne, mas também tenho origens: minha mãe e meu pai. Amo! Minha irmã e meus tios são meu tesouro e o maridinho um presente que Deus me deu. São amores indescritíveis, inenarráveis. 
11. Ficou feliz de receber este selo?  Como disse anteriormente, criei o blog num momento bastante peculiar de minha vida, e a família "blog" só fez me ajudar. Recebeu-me tão bem, me senti tão bem-vinda aqui... Este selo é mais um momento de carinho que esse mundo me proporciona. Não preciso dizer mais nada,né? Fiquei mega feliz!!!!
 
Já faz algum tempo que ganhei o selinho, mas só agora me concentrei para responder às perguntas com o carinho que ele merece.

E, agora, mando o selinho para as lindas:

1. Brenda do Alice no País das Descobertas
2. Letícia do Bernardo is coming
3. Si do Minha pequena Isabela
4. Aline do Um doce de amor
5. Lilian do A pequena que pariu
6. Juliana do Mãe de um príncipe
7. Ana Caetano do Our baby Alice
8. Mafalda do Maffy Design

Xiii...acho que vou deixar um requisito incompleto. É que minhas amiguinhas blogueiras são super populares e têm muitos seguidores (quero ser assim quando crescer)...hihihi.

E minhas perguntinhas são:
 
1 - Por que criou o blog?
2 - Quais são seus outros hobbies além de blogar?
3 - Qual é a sua profissão?

4- Como você é conhecida pelas pessoas?
5 - Qual é a sua melhor qualidade e o seu pior defeito?

6- o que você acha das amizades virtuais?
7- Como se definiria?
8 - Um lugar...

9- Um sonho...
10 - Do que você se orgulha de ter conseguido/feito?

11- o que diria para uma futura mãe?


bjocas.